quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Essência Floral Pine - A Vacina contra a Gripe Emocional de Final de Ano .

Durante o período das  Festas Natalinas e da passagem de ano emerge um movimento coletivo de renovação e de anseio pelo merecido descanso após a árdua e longa labuta anual. Mas não são todos que  participam desse mesmo espirito com tranquilidade e alegria. Pelo contrário,  é comum o aumento da procura de pessoas por métodos integrativos de alivio para o mal estar emocional. As Essências Florais são uma dessas alternativas procuradas na tentativa de aliviar o ônus emocional acumulado ao longo do ano. As desarmonias familiares e as frustrações profissionais parecem se evidenciar devido ao costumeiro balanço de fim de ano, fonte de  possíveis traumas ou  da agudização dos processos emocionais negativos.
Na prática clinica, evidência-se a ocorrência maior  de uma "gripe emocional"  caracterizada por sintomas de menos valia, auto estima baixa, auto censura e sentimento de culpa. A  sensação é de acumulo de sentimentos de culpa e de vergonha acompanhada de cansaço físico,  peso e dores nos ombros, angústia no peito, exaustão mental e um entorpecimento da capacidade de criar e até  de planejar adequadamente as férias.

Diante dessa perspectiva, recomenda-se o uso de uma essência floral que pode ajudar no processo de imunização emocional desse tipo de "gripe de final de ano". A Essência Floral Pine ajuda a  desenvolver a capacidade de gerenciar o tema emocional da invalidação pessoal.  Todos nós temos qualidades que são reforçadas ao longo da nossa vida e que nos proporcionaram experiências de vida de grande alegria. A nossa auto estima é baseada e reforçada por essas experiências. Mas também estamos propensos a passar por experiencias insatisfatórias que podem gerar um sentimento de invalidação da nossa maneira de atuar diante de determinadas situações. Diante do processo introspectivo da auto-avaliação, podemos cair na tentação de nos apegarmos apenas ao caráter negativo das experiencias de vida, o que pode gerar um estado de  autocensura constante.

A priori,  é vital procurarmos nos observar para identificar os nossos erros  como um terreno fértil que possa  propiciar melhorias em nossa consciência emocional. A identificação dos nossos estados de vulnerabilidade podem nos ajudar a retirar esses padrões repetitivos  que, em vez proporcionar à vida emocional um estado de plenitude, tende a criar uma maré de baixo astral. Para isso o Pine traz à consciência esses estados emocionais negativos que se escondem  no  subconsciente e que tendem a roubar a nossa capacidade de escolha. Identificar os estados emocionais negativos dentro dos nossos programas inconscientes é fundamental para termos uma vivencia emocional mais aberta e leve. Quando nos permitimos abrir espaço dentro do  nosso cotidiano na busca de remover esse processos emocionais negativos, configura-se um estado de exercício do auto perdão. Mas quando nos mantemos presos ao padrão da constante autocensura exagerada, a tendencia é gradativamente perdemos o poder de escolha. Passamos a ser vitimas das nossas próprias censuras, que podem vir em forma de opiniões antigas, preconceitos ou até modismos. A nossa constante " teimosia" nos leva a esse enrijecimento da nossa criatividade. Consequentemente, o estado de peso emocional se estabelece em forma de uma mochila repleta de pedras emocionais que carregamos pela vida, sem mesmo saber porque. O Pine nos ajuda a limpar essas tendências  da nossa vida emocional, eliminando as pedras da mochila, aliviando o peso da culpa.



A própria observação do crescimento da arvore  Pine nos traz uma Luz renovadora de entendimento de como podermos praticar  o perdão.   Pine é uma arvore que cresce de forma objetiva, verticalmente, para o alto, em busca do Sol do Meio Dia. As demais plantas e árvores crescem de forma mais espiralada,  acompanhando o movimento da Luz Solar ao longo do dia. Mas o Pine cresce direto para o alto. Simbolicamente, o Sol representa nossa consciência e o Pine seria o próprio  movimento de conscientização dos conteúdos emocionais  inconscientes   que são  aflorados.  O Pine traz a clareza mental presente nos processos emocionais de autocensura. Seria esse o motivo de ser o Pinheiro, a árvore que simboliza o Natal?



Durante o período da ingestão da Essência Floral seria interessante observar e refletir sobre alguns lembretes:
1. Tome nota dos sentimentos  de reprovação e autocensura
2. Examine à Luz de sua Consciência sua tendência a se autoavaliar de maneira  negativa.
3. Identifique  os estados  emocionais negativos de invalidação pessoal sem censura.
4. Procure averiguar se suas acusações não estão  exageradas.
5. Evite o perfeccionismo.
6. Identifique os momentos em que  você se sente envergonhado diante de situações de vulnerabilidade. È possível que você identifique estados emocionais mais crônicos  de culpa.
7. Faça algum ritual de perdão que o faça sentir-se mais positivo.
8. Lembre-se errar é humano e você veio para se aperfeiçoar.

A  visão Oriental de Saúde mostra que  o costume de se apegar aos estados emocionais de culpa e de auto-reprovação podem afetar  o Pulmão e o seu caminho energético que percorre ao longo do corpo. Por observação clinica, os orientais perceberam de longa data, que  as pessoas que se autocensuram naturalmente  apontam o dedo para seu próprio peito, assumindo o processo de "mea culpa". As dores que sentimos no peito e nos ombros devido à carga pesada da culpa é causada pelo acumulo de energia no canal de energia do Pulmão. As pesquisas modernas mostram que a  excessiva autodepreciação tende a afetar o nosso sistema  imunológico devido à perda de contato com a identidade de nossas defesas emocionais mais positivas. Por isso é fundamental não carregar culpas, pois o estado de energia física e mental é movido pelo Pulmão e nos propicia a vida. Basta observarmos que, ao chegarmos ao mundo, nosso primeiro ato é a  inspiração e, quando morremos, cessamos a nossa respiração. Ter boa respiração é ter Vida e Leveza de Ser. A auto-reprovação afeta a nossa respiração gerando angustia e autoagressão, nos agredindo e debilitando nosso sistema de defesa.

                                       


Em suma, perdoar os nossos erros é  a chave para termos mais energia de vida e respirar com mais alivio. "Pegue leve" com você mesmo. Essa é a vacina contra a "gripe emocional" de final de ano.

                              


Bom Perdão e Boas Festas Natalinas. 
Postar um comentário