quinta-feira, 7 de abril de 2016

O QUE É FLORAL DE BACH?



Há muitas formas de se definir essência floral, mas escolhemos começar dizendo o que ele não é, com o intuito de desfazer qualquer equívoco que possa existir a respeito. 

Primeiramente, apesar de ser feito de flores, não espere sentir o odor perfumado das flores ao tomar um floral. O floral também não pode ser chamado de extrato de flores, pois em sua formulação não existe qualquer princípio físico ativo da flor ou da planta, uma vez que a flor não é triturada nem moída para que dela se extraia um produto. Esta característica o distingue dos remédios fitoterápicos.

O equívoco mais comum: o floral não é homeopatia. Embora as primeiras três tentativas de remédios de flores tenham sido feitas pelo método de dinamização como da homeopatia, esse método de preparo foi definitivamente substituído pelo método Solar, descoberto pelo Dr. Edward Bach para extrair das flores sua essência mais sutil.

Sendo assim, definimos que, o que é realmente extraído das flores é sua essência mais sutil. Por isso, os florais não são remédios para o corpo pois são mais sutis do que a doença física. Não cabe ao floral curar o corpo. Mas, ele pode, gradativamente, atuar nas nossas vibrações e ir transformando a forma como entendemos e vivenciamos nossas emoções.


A doença começa a partir do sofrimento emocional

Hoje sabemos que as emoções são responsáveis diretas pela nossa condição de saúde ou doença. Muitos terapeutas e profissionais da saúde do século XXI já atribuem a determinadas emoções, o surgimento de doenças especificas. 

Mas Bach já sabia disso no início do século XX. Logo cedo, jovem ainda, muito sensível, de natureza frágil, conhecia bem de perto o sofrimento. Cresceu observando e convivendo com o sofrimento das pessoas em plena revolução industrial. Além disso, completou sua formação como medico durante a I Grande Guerra, cujo legado final foi a terrível Gripe Espanhola que dizimou 1% da população mundial. 

Sempre preocupado com o bem-estar das pessoas, com o forte propósito de auxiliar o ser humano a ser feliz e saudável, convenceu-se de que o processo de adoecimento não é simplesmente fruto de uma contaminação vinda do exterior. Ele começa a partir do sofrimento emocional, e a evolução de qualquer doença depende da forma com o indivíduo afetado encara a vida e as questões cotidianas, ou seja, depende da sua predisposição emocional que pode fortalecer ou enfraquecer o sistema de defesa do organismo. Quando enfraquecido, a pessoa torna-se vulnerável à instalação de qualquer doença. 

Sua conclusão: deve-se cortar o mal pela raiz, cuidando das emoções e, de forma preventiva, evitar que as doenças se instalem. Sendo assim, Bach iniciou sua busca por uma forma holística e natural de cuidar das pessoas, dedicando-se à homeopatia, deixando de lado a medicina ortodoxa. Mas ainda faltava alguma coisa: queria algo mais simples que não causasse sofrimento e fosse acessível a todos.


Bach era seu próprio laboratório de pesquisas
Bach era seu próprio laboratório de pesquisas. Foi assim que, levado por sua intuição, tomou a gota de orvalho de uma flor e percebeu uma transformação em si mesmo. A água do orvalho, com o auxílio do calor do sol, estava impregnada com a essência energética da flor. E esse orvalho foi capaz de gerar um equilíbrio emocional, transformando o estado de ansiedade em que Bach se encontrava, gerando maior harmonia no seu ser.
Por isso dizemos que essência Floral é um remédio vibracional que tem o objetivo de melhorar o estado de saúde do indivíduo por meio do despertar da sua percepção sobre os efeitos que as emoções podem causar na sua saúde física e mental.

Mas talvez você prefira chama-la da mesma forma que Bach chamou: um remédio para a alma.
Postar um comentário