domingo, 20 de julho de 2014

FLORAIS DE BACH E AS MENSAGENS SIMBÓLICAS DO CORPO - OS JOELHOS

O joelho é uma articulação importante pois, por mais que sejam nossos pés os responsáveis por nossa capacidade de assumirmos nossa postura ereta, são as articulações dos joelhos que nos possibilitam carregar os pesos da vida. Sabemos que, se tentarmos erguer algo pesado sem flexionar os joelhos, corremos o risco de machucar a coluna de forma severa.
A partir dessa observação podemos concluir que os joelhos devem ser fortes, mas a fortaleza dos joelhos depende de sua flexibilidade. Fortes e flexíveis ao mesmo tempo! O joelho é uma articulação que nos permite  flexionar diante das dificuldades da vida para que elas não "nos quebrem" e, ao mesmo tempo, nos faz perceber que somos capazes de reassumir a posição em pé: reerguer-se, depois da queda. Essa capacidade de movimento com força e flexibilidade é  sinal de que podemos transformar nossos posicionamentos,  com  ponderação e respeito, sem nos fixarmos em padrões rigidos a dirigirem nossa mente e nossas ações ao longo de nossas vidas, para que sejamos sempre livres, seguindo em frente, prontos para enfrentar os altos e baixos da vida. Qual é relação das doenças da articulação  dos joelhos com as nossas atitudes emociomais? Como as essências florais podem ajudar na melhora desses quadros emocionais e físicos? Podemos, como ponto de partida, lembrar da essência CHESTNUT BUD para que a pessoa escolha  ter pensamentos que lhe permitam acolher novas experiências, ou seja, estar sempre disponível à aprender.


ROCK WATER
Quando falamos de falta de flexibilidade, o primeiro floral que nos vem à mente é  ROCK WATER. Ela trata de pessoas  rígidas como rochas, presas a modelos de perfeição, que não se permitem deslizes nem sequer momentos de relaxamento e descontração. São pessoas previsíveis, pois repetem padrões de comportamento, que endurecem mísculos e mente a ponto de perderem cada vez mais sua flexibilidade mental e física. Acabam sofrendo dores severas nas  articulações e, no plano mental, têm enorme dificuldade para lidar com os imprevistos da vida. Os joelhos são os primeiros a sofrer e a sinalizar a falta de flexibilidade que  impede que se contornem obstáculos e que se aceitem mudanças de direção de forma fluída, assim como a água contorna as pedras que encontra no seu caminho.


O FLORAL HEATHER E A CARÊNCIA
Na infância as crianças sentam-se sobre os joelhos dos pais, dos avós... São momentos de carinho, de conforto, e até de repreensão, onde a criança recebe atenção, alimento e ensinamentos. Sentar-se sobre os joelhos, ou no colo, significa ser amado, ter alguém no mundo que lhe sustenta e que se preocupa com você, que olha para você e mostra que você tem um lugar e uma identidade neste mundo.  É o inicio de uma estrutura emocional que alimenta o novo ser para que no futuro, possa se sustentar com suas próprias pernas (ou com seus próprios joelhos). Aqueles que, por infelicidade, não receberam a graça de ter um colo na infância, podem tornar-se pessoas carentes, que seguirão pela vida adulta como crianças buscando atenção. HEATHER é a essência importante para estas pessoas, pois desenvolve sua capacidade de perceber que, apesar de tudo, poderá encontrar em si mesmo a estrutura necessária para fortalecer seu amor próprio, sua identidade como individuo e a conexão com o Amor Maior que suprirá suas carências, para que ele possa ter seus joelhos fortes e oferecer seu colo aos que dele necessitem.


BEECH E A HUMILDADE
Joelhos flexíveis permitem que a pessoa se ajoelhe diante de algo maior.  Ajoelhar-se é um ato sagrado de humildade. Quando estamos de joelhos ficamos pequenos com a estatura de uma criança, pronta para aprender o que lhe for ensinado. Querer aprender, mesmo depois de adultos, é um sinal de humildade e de consciência da pequenez do homem diante da grandeza da criação. Há sempre muito a ser aprendido, mas somente os  humildes se dispões a aprender em qualquer momento de suas vidas. A arrogância e o orgulho são defeitos de alma que podem atrapalhar o aprendizado. A essência floral BEECH auxilia aqueles que se julgam perfeitos, aqueles que têm joelhos rígidos, a dobrarem seus joelhos diante de sua ignorância para que tomem consciencia de si e do todo e aprendam a corrigir seus próprios defeitos, em vez de apontarem o dedo para o outro. 





VINE x CENTAURY E A COMPAIXÃO
A Essência Floral VINE é indicada para as pessoas que têm a necessidade imperiosa de comandar com o objetivo de manter o controle das situações. Esse tipo de contexto emocional negativo está ligado com as pessoas que são excessivamente autoritárias, mandonas e ditatoriais. Praticamente obrigam as pessoas sob seu comando a "se ajoelharem" diante dele, submissas, sem discutir suas ordens. O estado  desses indivíduos é de muita tensão muscular e mental. Essas pessoas temem perder o poder, temem que alguém lhes "puxe o tapete". Tem medo de cair de joelhos diante de quem quer que seja. Ajoelhar para elas,  é sinal de fraqueza, por isso sofre de dores e rigidez nos joelhos. A essência floral  Vine traz a esses indivíduos a capacidade de se permitirem ser conduzidos pela vida, sem ter que exercer controle ou dar ordens. Relaxa as pernas e torna seus joelhos flexíveis enquanto ensina humildade, respeito ao próximo e compaixão. Mas, aquele que se deixa subjugar também tem problemas nos joelhos: eles serão edemaciados e sem força e sentirão o peso da submissão em forma de grande cansaço nas pernas. Para esses, o floral é o CENTAURY, que desenvolve a capacidade de fortalecer seus joelhos, erguer-se diante do outro e impor sua forma de pensar e agir, respeitando suas próprias necessidades e vontades. 

MIMULUS E A VONTADE DE VIVER
A fraqueza nas articulações dos joelhos também indicam contextos emocionais onde as pessoas se mostram dependentes, com dificuldade para desenvolver sua individualidade e caminhar com desenvoltura sobre a terra. Há pessoas muito tímidas, que temem enfrentar o mundo, tem medo de tudo e se privam até de viver as alegrias da vida. Precisam de alguém que as amparem, não se arriscam, tem medo de cair de se machucar, de ralar os joelhos. Ora, qual a criança que nunca ralou os joelhos? Faz parte do aprendizado da vida!  A fraqueza nas articulações dos joelhos, principalmente os joelhos em forma de X, que parecem se atrapalhar um ao outro,  demonstram o estado emocional característico de uma personalidade medrosa e tímida. A essência floral MIMULUS nos promove energia e força de vontade  para viver com coragem, superando a  timidez.


LARCH E A AUTOCONFIANÇA
Mimulus + Larch é uma combinação que funciona muito bem, pois as pessoas tímidas sempre agradecem o empurrãozinho que o LARCH é capaz de dar, aquele impulso extra que, mesmo quando já estamos decididos e preparados para enfrentar qualquer situação, ainda nos falta o impulso que nos lança para a ação. Basta observar o movimento de um sapo para perceber que a musculatura dos joelhos é a alavanca que nos permite saltar e é exatamente essa força de impulso que nos faz dar os grandes saltos na vida. A capacidade de ser  autoconfiante é o principal ingrediente  rumo à concretização dos  sonhos. Dores nos joelhos e que prejudicam a movimentação podem sugerir uma dificuldade em se lançar ao novo. A essencia floral LARCH é indicada para aquele que mesmo antes de começar a fazer alguma coisa, já não se sente capaz. Teme dar saltos e não se aventura na vida, ou seja, perde chances de crescer.









STAR OF BETHLEHEM E A REESTRUTURAÇÃO
Há momentos na vida em que nos desestruturamos. Acidentes, sustos, perdas chegam a "amolecer nossas pernas". Os joelhos se dobram, abatidos e fracos, perdendo a capacidade de nos manter em pé devido ao choque vivido. Esses choques geram traumas que nos marcam pela vida afora, e roubam a capacidade de caminhar com direçionamento e estrutura firme. STAR OF BETHLEHEM limpa as marcas do trauma, removendo-as da nossa memoria mental e celular, libertando-nos  e  devolvendo a capacidade de nos reerguemos, reorientados, reestruturados e fortalecidos.


PINE E O PERDÃO
Ajoelhar-se como já foi dito é um sinal de submissão. Sendo assim quando os ajoelhamos para orar, estamos no colocando abaixo de Deus? Nos submetendo a Ele, esperando receber algo, ou até mesmo o Seu perdão? Como diz Jean-Yves Leloup, "Deus não nos ama submissos". A essência PINE relaciona-se ao perdão, sim, mas àquele perdão que somente nós somos capazes de conceder a nós mesmos. Dobrar os joelhos realmente refere-se ao ato de perdoar-se à medida que significa um momento de introspecção, de tomada de consciencia de nossos atos em busca do resgate da dignidade: redimir-se. Deus nos deu os joelhos para que sejamos flexiveis, portanto podemos cair muitas vezes,  mas sempre poderemos encontrar o perdão em nós mesmos,  permitindo-nos uma segunda chance. É essa a verdadeira redenção. 


OLIVE E A FORÇA
Os joelhos são fonte de energia, segundo a Medicina Ttradicional Chinesa. A inserção de agulhas em pontos próximos das articulações dos joelhos proporciona, não só a diminuição as dores, como também o aumento de energia geral contra sintomas de cansaço e exaustão. A resistência e a resiliência emocional são percebidas pela força dos joelhos, pela forma como conseguimos nos firmar diante da vida. O OLIVE é uma essencia floral para as pessoas que apresentam exaustão total do corpo, da mente e do espírito. Ela nos chama a lidar adequadamente com a nossa energia vital, que nao deixa de ser  a Energia Divina.





Postar um comentário