sexta-feira, 11 de julho de 2014

FLORAIS DE BACH E AS MENSAGENS SIMBÓLICAS DO CORPO - OS PÉS

Quando recebemos a abençoada missão de cuidar de um bebê, no momento da troca das fraldas e do banho diário, o que mais nos encanta são os pezinhos, essa parte do corpo tão cheia de detalhes complexos na sua anatomia. Os pés dos bebês se expressam e se movimentam de uma forma que, mais tarde, dificilmente seremos capazes de reproduzir. A vontade é de beijar, morder e até cheirar os pexinhos, num arroubo da paixão que vai se fortalecendo por aquele novo serzinho, que um dia, ficará em pé, dando seus primeiros passos titubeantes, à caminho da conquista do seu  mundo. O bebê conhece seus próprios pés antes de mais nada. Observa-os, morde-os, brinca com eles. Dão a eles a atenção que talvez lhes devessemos continuar dando no decorrer de nossas vidas. 

A observação dos pés pode nos trazer uma consciencia única e muito verdadeira de nós mesmos. Mas é preciso estar atento e fazer um exercício de percepção acurado para entender, por meio de associações e simbolismos, a importancia do papel que esta parte de nosso corpo ocupa no complexo fisiológico.

O FLORAL MIMULUS
Vamos iniciar pelo ato de ficar em pé e avaliar, até com gratidão, o significado dessa posição. Ficar em pé é olhar para o mundo: requer coragem, é sinonimo de força de vida e de poder de realização. Mimulus é a essência que ajuda a fortalecer essas qualidades de alma que nos fazem encarar o mundo sem medo. Ficar em pé nos momentos de grandes dificuldades nos dá a dimensão de nossa força diante das adversidades. 

Os pés nos enraízam à terra, nossa Mãe, que nos sustenta e nos dá força, o chão sobre o qual nos impulsionamos a cada passo de nosso caminhar. O ilustre pintor modernista Candido Portinari soube lindamente, em suas pinturas, valorizar os pés, representando e exaltando sua importancia e sua força na natureza humana.



O FLORAL WILLOW
Há os que reclamam da vida, da ausência de chances ou da dificuldade para superar as crises. São esses que geralmente caminham cabisbaixos, ollhando para o proprio umbigo, reclamando, sem perceber que é preciso se propror a aprumar-se e caminhar em busca das soluções e das oportunidades.
A essência  Willow nos ensina a olhar para frente e enxergar possibilidades. Passamos a assumir a responsabilidade por nossas proprias questões, em vez de ficar se vitimizando, distribuindo culpas ou "chorando as pitangas". Dessa forma, torna-se possível assumir o caminho da vida e se propor a ser feliz.


Outro aspecto interessante é aprendermos como é possivel sentir prazer nos pés. Uma bela massagem com um creme revitalizante ou até mesmo, o antigo escalda-pés para retirar as energias negativas do corpo podem promover um relaxamento fisico e mental. Aqueles que conhecem a reflexologia podal sabem que ao massagear os pés, estamos entrando em contato com todo o resto do corpo, excelente forma de avaliar nossos pontos mais sofridos e carentes e de tentar eliminar as estagnalções e as deficiencias de nergia, evitando que, com o tempo, se agravem gerando problemas mais serios de saúde fisica ou mental.


O FLORAL OLIVE
Olive ajuda-nos a entender a necessidade de revitalização diante da exaustão do dia a dia. Esse floral nos propõe aceitar o cansaço e a exaustão como uma etapa do dia ou até mesmo da vida e nos permite restaurar a energia fisica e mental de maneira muito mais prazerosa. Por incrível que pareça, para algumas pessoas, permitir-se descansar para se recuperar é sinal de fraqueza ou gera vergonha. Mas perceber e respeitar as necessidades dos pés pode ser uma forma de evitar esse erro e identificar o poder de regeneração que deve ser respeitado e pode ser fortalecido dentro de nós.

O FLORAL PINE
Mas não é toda pessoa que permite esse tipo de prazer. Existem pessoas que, literalmente judiam de seus pés, escolhendo sapatos que machucam, em nome da estética. Há também os que escolhem caminhos dificeis, tropeçam, e depois culpam-se pelos erros que lhe causaram dores. Geralmente são essas as pessoas que não suportam que lhes toquem os pés. Sentem cócegas ou dores lancinantes de forma que, o ato da massagem torna-se para eles, uma tortura. Escolhem prosseguir com suas dores e desconfortos, num ato de autoflagelo, com o qual contam para punir-se por seus erros na vida. Por outro lado, permitir-se ser massageado é uma forma de aceitar o perdão, pois a massagem é um carinho tão profundo quanto a redenção de pecados, que somente conseguimos aceitar com leveza quando nos sentimos merecedores. Para tal, o floral Pine nos auxilia no ato do autoperdão. Massagear os pés é retornar às origen, relembrar o estado original de ser, cheio de vontade e alegria, para poder desfrutar das experiencias e aprendizados da vida, sem culpas, permitindo-se continuar o caminhar pela vida, entre erros e acertos, mas cientes do merecimento constante de novas chances.

GENTIAN E LARCH
Os pés nos conduzem à realização de nossos sonhos. Eles nos transmitem segurança porque nos põem eretos, em pé, olhando para o horizonte cheio de possibilidades! Aquele que valoriza cada passo dado acredita que pode chegar lá. Gentian é a essencia floral que ensina as pessoas com aspirações e vontade,  mas que se desmotivam diante de cada dificuldade. Basta dar o primeiro passo para sentir o encorajamento que vem dos pés e seguir num continuo, passo a passo com segurança e confiança. Olhar para traz e observar as proprias pegadas significa avaliar os feitos ao longo dessa caminhada, pois as pegadas são o legado àqueles que virão e que poderão se beneficiar de tudo o que pudemos construir, levando ainda mais adiante nossos sonhos.
Há também aqueles que parecem não querer caminhar na vida por medo de tropeçar ou errar o caminho. Passam pela vida como se não existissem, sem deixar pegadas.  Nesse caso, a essência Larch deve entrar em cena para promover autoconfiança, auxiliando a pessoa a dar aquele primeiro passo e seguir adiante. Esse floral nos ancora com a capacidade de relembrar vivencias marcantes na caminhada, valorizando nossas pegadas seja como lições de vida, seja como testemunhos de nossas vitórias.


O FLORAL CLEMATIS
Importante, também é relembrar a importancia de se "ter os pés no chão"! Há pessoas que têm a cabeça nas nuvens, cheios de projetos, com fértil imaginação e criatividade sem limites, mas faltam-lhes os pés no chão. Conhecemos danças típicas de algumas culturas cuja caracteristica é bater os pés no chão com força, como o sapateado flalmengo e danças indígenas. Os indígenas, por exemplo, invocam a energia da Terra para trazer força e capacidade de realização e enraizamento, sentir-se conectado com o grupo e com o local onde vivem. O floral Clematis possibilita aos sonhadores fincarem os pés no chão, trazendo para o plano terreno seus sonhos e criações vindos da inspiração, deixando também, suas pegadas no chão, as marcas de sua contribuição para a evolução humana neste planeta.


SWEET CHESTNUT
Enfim, iniciamos nossos feitos ao ficarmos em pé, caminhando, deixando nossas marcas. Os pés definem nosso inicio e são eles que marcam o fim, quando, ao encerrar a vida terrena, talvez não tenhamos mais a capacidade de nos sustentarmos em pé. Os mais sensíveis respeitarão esse momento e entenderão sua última chance para aprender a livrar-se do orgulho sem sofrimento, recebendo o auxilio daqueles que lhes são próximos e queridos, com amor e humildade. Então será a vez do Sweet Chestnut trazer sua doçura como contribuição, ensinando-nos a aceitar, simplesmente! 



Seguiremos falando sobre os joelhos. Até a próxima!
Postar um comentário